• EN
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • Linkedin
Você está em: Início > Ensino > Unidades Curriculares > EATN22
Autenticação
ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Roteiros de Turismo de Natureza

Código: EATN22    Sigla: RTN
Área Científica: Serviços Pessoais

Ocorrência: 2023/24 - 2S

Área de Ensino: Ciências Matemáticas e Naturais

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular Créditos Horas Contacto Horas Totais
LEATN 23 Despacho nº 5883/2023 5
Despacho nº 8075/2016 5 60 125

Horas Efetivamente Lecionadas

LEATN-2

Ensino Teórico: 0,00
Ensino Teórico: 0,00
Teórico-Práticas: 0,00

Docência - Horas Semanais

Ensino Teórico: 1,33
Ensino Teórico: 1,33
Teórico-Práticas: 2,67

Tipo Docente Turmas Horas
Ensino Teórico Totais 1 1,33
Carlos Oliveira Silvério - ESD   1,20
Paulo Filipe da Rosa - ESD   0,13
Ensino Teórico Totais 1 1,33
Carlos Oliveira Silvério - ESD   1,20
Paulo Filipe da Rosa - ESD   0,13
Teórico-Práticas Totais 1 2,67
Carlos Oliveira Silvério - ESD   2,67

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Carlos Oliveira Silvério - ESD Responsável
Vitor Manuel Alves Milheiro - ESD Coordenação Científica

Objetivos de Aprendizagem (conhecimento, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

A unidade curricular terá como objetivo fornecer elementos teórico-práticos de base, na perspetiva de contribuir para a autonomia dos alunos no que respeita a implementação de itinerários turísticos.

Conteúdos programáticos

1.Definição de conceitos relacionados com turismo e roteiros turísticos.
2.Objetivos dos roteiros turísticos e o turismo atual.
3.Os circuitos turísticos enquanto forma de turismo sustentável - os circuitos e o desenvolvimento local.
4.Análise diagnóstica do local ou área de implementação .
5.Documento de apoio a um circuito - meios e formas de apresentação.
6.Percursos na natureza - Revisão de conteúdos relacionados com atividades físicas de contacto com a natureza ¿ Conceito, objetivos, vantagens e desvantagens do incremento da sua prática.
7.Abordagem às atividades de Caminhada, BTT e Orientação.
8.Percursos em meio urbano ¿ Abordagem de conceitos relacionados com o meio.
9.Planificação e implementação de percursos.
10.Critérios de escolha de percursos.
11.Formas de sinalização e meios de manutenção de percursos em meio urbano e meios rurais.
12.O monitor de circuitos turísticos ¿ requisitos e preocupações.
13.Legislação de suporte para a utilização de zonas protegidas.

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Considerando os objetivos da UC, foram definidos os conteúdos que pretendem transmitir informações sobre como planear e implementar circuitos turísticos, respeitando as características das atividades, a natureza dos locais onde pretende atuar e o enquadramento legal deste tipo de atividades.



Metodologia de Ensino (Avaliação incluída)

Avaliação Contínua - Mínimo de 10 (dez) valores em cada parâmetro de avaliação:
  • Avaliação Teórica (30%) - Relatório individual e apresentação 
  • Avaliação Prática (70%) - Participação no decorrer das aulas (30%); Trabalho de grupo (40%)
Épocas normal e de recurso -  Mínimo de 10 (dez) valores em cada parâmetro de avaliação: 
  • Prova escrita: 60%
  • Prova oral: 40%


Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Foram definidas metodologias de ensino que alternam entre situações mais expositivas, com outras de aplicação e cariz mais teórico-prático, buscando sempre a autonomia do aluno (supervisionada) e que permitam assimilar os conteúdos programáticos definidos e alcançar os objetivos da UC.

Bibliografia de consulta (existência obrigatória)

Janowski, I., Gardiner, S., & Kwek, A. (2021). Dimensions of adventure tourism. Tourism Management Perspectives, 37, 100776. https://doi.org/10.1016/j.tmp.2020.100776

Rosa, P., Bento, P., & Teotónio, T. (2022). The internal competitive advantage of adventure tourism operators: An exploratory approach. Journal of Outdoor Recreation and Tourism, 39, 100555. https://doi.org/10.1016/j.jort.2022.100555

Rosa, P., Carvalhinho, L., & Soares, J. (2018). Developing a destination image through the perceptions of stakeholders: A case study. International Journal of Tourism Research, 20(1), 60¿71. https://doi.org/10.1002/jtr.2153

Streimikiene, D., Svagzdiene, B., Jasinskas, E., & Simanavicius, A. (2021). Sustainable tourism development and competitiveness: The systematic literature review. Sustainable Development, 29(1), 259¿271. https://doi.org/10.1002/sd.2133



Observações