• EN
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • Linkedin
Você está em: Início > Ensino > Unidades Curriculares > LAGPL1358
Autenticação
ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Tecnologia e Gestão dos Recursos Hídricos

Código: LAGPL1358    Sigla: TGRH
Área Científica: Produção Agrícola e Animal

Ocorrência: 2023/24 - 2S

Área de Ensino: Engenharia Ordenamento e Ambiente - EOA

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular Créditos Horas Contacto Horas Totais
LAGRPL 20 Despacho n.º 10342/2023 de 09/10 5 60 140

Horas Efetivamente Lecionadas

LAGPL_3A

Teórico-Práticas: 20,00

LAGPL_3DIA

Teórico-Práticas: 16,00

Docência - Horas Semanais

Teórico-Práticas: 4,00

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 4,00
Ana Maria Ambrósio Paulo - ESA   1,33
Manuel Mendes de Sousa Adaixo - ESA   1,33
Paulo Jorge Malheiro Fragoso - ESA   1,34

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Manuel Mendes de Sousa Adaixo - ESA Responsável

Objetivos de Aprendizagem (conhecimento, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Pretende-se que os alunos conheçam alguns aspetos da atual legislação relacionada com a água. Dotar os alunos, de capacidades técnicas e científicas, que lhes permitam fazer uma correta e eficiente gestão da rega, de acordo com as características do solo, da cultura e tecnologias da rega em presença. Consolidar os conhecimentos na área do projeto e em particular para a instalação, operação, manutenção e avaliação dos sistemas de rega. Transmitir a importância das inovações tecnológicas aplicadas à rega para monitorizar e promover o uso eficiente da água quer em termos produtivos quer ambientais.

Conteúdos programáticos


I Necessidades hídricas das culturas, rega e gestão da rega;
1. Enquadramento legal: Recursos hídricos, origens da água de rega, qualidade da água.
2.Necessidades hídricas das culturas: evapotranspiração de referência; evapotranspiração cultural; coeficientes culturais médios e duais.
3. O balanço hídrico do solo na programação e condução da rega. Utilização de modelos de balanço hídrico.
4. Gestão da rega: recurso a modelos, à monitorização climática e à monitorização da água no solo ou na planta, tomada de decisão.
II Tecnologia da Rega.
1. Métodos e Sistemas de Rega;.
2. Rega de superfície: caracterização, métodos tradicionais e perspetivas de modernização; componentes do dimensionamento; projecto de rega.
3. Rega por aspersão: caracterização; descrição dos equipamentos e instalações; dimensionamento de um sistema de aspersão estacionário e semovente; projecto de rega.
4. Rega localizada: caracterização; descrição dos equipamentos e instalações; componentes do dimensionamento.

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

A aprendizagem das matérias acima referidas apresenta-se agrupada em dois módulos. Inicia-se com o enquadramento dos aspectos legislativos, em particular as medidas para o sector agrícola e uma panorâmica geral sobre o regadio no País. Transmitem-se os conceitos base para uma correcta gestão da água, e os instrumentos disponíveis para a gestão da rega. O segundo módulo aborda a tecnologia da rega e o dimensionamento, focando aspectos relativos a equipamentos, à instalação, exploração, manutenção e avaliação dos sistemas de rega. Ao longo das diferentes temáticas realçam-se as boas práticas agrícolas para a conservação do solo e da água. Pretende-se dotar o aluno de uma base técnico-científica para compreender e integrar os conceitos, por forma a praticar um correcto uso da água, de acordo com as necessidades da cultura, as características edafo-climáticas e os equipamentos disponíveis.  

Metodologia de Ensino (Avaliação incluída)

Sessões Presenciais ou a distância: Sessões teórico-práticas e tutoriais. A componente teórica, expositiva, será complementada com uma componente práticas para a realização de exercícios, análise e acompanhamento de casos de estudo.
Admissão a Exame: Todos os estudantes estão admitidos a exame final.
Avaliação
1) dispensa parcial
- Realização de uma prova escrita de frequência, durante o periodo de aulas, relativa à componente necessidades hídricas das culturas, para dispensa parcial a qual vale 50% da classificação.
A realização da avaliação da componente, métodos de rega e dimensionamento de instalações de rega, coincide com as datas de exames, consta de uma prova escrita, realiza-se presencialmente e vale 50% da classificação.
Classificação final = 50% avaliação do primeiro bloco de dispensa parcial + 50% exame (segundo bloco de matéria) (em ambas as componentes é necessário nota >= 10 valores)

2) Exame final
O Exame Final consta da realização de uma prova escrita presencial.


Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Nas sessões expositivas serão apresentados os conceitos e metodologias fundamentais à compreensão dos conteúdos programáticos, complementados nas aulas práticas com a realização de exercícios de aplicação e análise de casos de estudo. A utilização de modelos para o cálculo das necessidades de água para as culturas, e para o dimensionamento dos sistemas de rega, permitem ao aluno o contacto com novas ferramentas de trabalho, trabalhando em equipa, preparando-se assim para um exigente mercado de trabalho.
Com as metodologias propostas pretende-se também desenvolver competências ao nível da pesquisa e procura de informação. O acesso à informação disponibilizada na Internet permite ao aluno conhecer uma larga gama, e os mais recentes equipamentos disponibilizados no mercado. A par do exposto acresce a excelente localização da nossa escola, numa região com grande área de culturas de regadio, permitindo o acompanhamento em campo com as melhores tecnologias, já praticadas na região.

Bibliografia de consulta (existência obrigatória)

Allen, R. G., Pereira, L. S., Raes D., Smith, M. (1998) - Crop evapotranspiration. FAO Irrigation and Drainage Paper nº 56 Rome
Keller J, Bliesner RD (2000) - Sprinkler and trickle irrigation. The Blackburn press, Jersey
Phocaides A. (2007) Technical Handbook on Pressurized irrigation techniques. FAO. Rome. (http://www.fao.org/docrep/010/a1336e/a1336e00.htm)
Oliveira, I. (2011) - Técnicas de Regadio. Volume I e II. Edição do Autor. Beja
Oliveira, I et al. (1983) - Guia de Rega CPTR Beja
Pereira,L.S. (2004) - Necessidades de Água e Métodos de Rega. PEA. Lisboa.
Pizarro, F.(1996) - Riegos Localizados de Alta Frequência. Mundi-Prensa, Bilbao
Steduto, P.,Hsião, T.C., Ferreres, E:, Raes, D (2012) - Crop yield response to water. FAO Irrigation and drainage, 66. Rome
SMEDEMA, Lambert k. ; VLOTMAN, Willem F. ; RYCROFT, David W. - Modern land drainage : planning, design and management of agricultural drainage systems. Leyden : A.A. Balkema : Taylor & Fancis, 2004. 449 p.,. ISBN 90-5809-554-1