• EN
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • Linkedin
Você está em: Início > Ensino > Unidades Curriculares > M1MCN2032
Autenticação
ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Didáticas Específicas do 1.º Ciclo do Ensino Básico - 1.º e 2.º anos

Código: M1MCN2032    Sigla: DE1CEB12

Ocorrência: 2023/24 - 1S

Área de Ensino: Ciências Matemáticas e Naturais

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular Créditos Horas Contacto Horas Totais
M1MCN 5 Despacho n.º 8687/2022 8 96 216

Horas Efetivamente Lecionadas

MMCN-TA

Teórico-Práticas: 78,67

Docência - Horas Semanais

Teórico-Práticas: 6,48

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 6,48
Célia Cristina Fidalgo Mercê   1,67
Elisabete Fernandes Linhares Manzoni de Sequeira   1,20
Maria João Cardona Correia Antunes   0,80
Maria Clara Rodrigues Silva de Brito   1,07
Maria Inês Almeida Cardoso   1,67

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria João Cardona Correia Antunes Responsável
Maria João Cardona Correia Antunes Coordenação Científica

Objetivos de Aprendizagem (conhecimento, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

A UC visa que os futuros professores do 1.º CEB:
O1. mobilizem conhecimentos científicos, didáticos e curriculares para realizar uma gestão curricular ajustada aos seus alunos e ao contexto em que estão inseridos e para perspetivar abordagens didáticas que visem a aprendizagem desses alunos nas diferentes áreas;
O2. conheçam o modo como os alunos do 1.º CEB aprendem, mais especificamente nos primeiros anos de escolaridade (1.º/2.º anos);
O3. identifiquem e aprofundem possíveis aspetos a trabalhar com alunos dos 1.º e 2.º anos, em diferentes áreas do conhecimento;
O4. planifiquem atividades para o ensino-aprendizagem no 1.º CEB, tendo em conta os aspetos científicos, didáticos e curriculares estudados, bem como o nível de compreensão das crianças (1.º/2.º anos);
O5. analisem e reflitam sobre práticas de sala de aula a promover para que os seus alunos desenvolvam conhecimentos e capacidades, nomeadamente sobre situações de ensino-aprendizagem de tópicos disciplinares dos 1.º e 2.º anos.

Conteúdos programáticos

Conteúdos programáticos:
1. O Currículo do 1.º CEB
- Orientações metodológicas: abordagens, conceitos e recursos
- Gestão curricular e avaliação
- Planificação, construção de tarefas/atividades e dinâmica da sala de aula
- Capacidades transversais
- Promoção de atitudes e valores

2. Estratégias de ensino-aprendizagem no 1.º CEB
- Fundamentos da Educação em Ciências
- Conceções de trabalho prático: trabalho laboratorial; trabalho experimental; trabalho de campo
- As visitas de estudo no Estudo do Meio Físico e Social
- Avaliação e registo, interpretação e comunicação de evidências
- Sentido de número e de operação
- Sentido espacial, visualização e noção de grandeza e de medida
- Oralidade
- Leitura
- Escrita
- Gramática
- Didática das Expressões


Os conteúdos são explorados promovendo a articulação entre as diversas áreas curriculares. A abordagem dos conteúdos visa respeitar um modelo globalizante da prática de ensino-aprendizagem do professor.

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Esta unidade curricular envolve as principais componentes do currículo, numa abordagem que privilegia o seu desenvolvimento integrado em termos de estudo e atividades. Assim, aborda de um modo integrado e articulado aspetos gerais do conhecimento profissional do professor (ponto 1 dos conteúdos programáticos) visando o primeiro objetivo, O1. O ponto 2 dos conteúdos programáticos envolve aspetos relativos ao ensino-aprendizagem do 1.º CEB - 1.º e 2.º anos, no âmbito do Estudo do Meio, da Matemática, do Português e das Expressões, articulando-os com áreas não disciplinares, de modo a contribuir para que os futuros professores desenvolvam conhecimentos, aptidões e competências respeitantes a O2, O3, O4 e O5. Também neste ponto dos conteúdos se visa desenvolver conhecimentos científicos, didáticos e curriculares essenciais para o professor do 1.º CEB, contribuindo também para a concretização de O1.

Metodologia de Ensino (Avaliação incluída)

Privilegia-se a discussão orientada de temas de didática a partir da literatura especializada e a discussão e a análise sobre situações de ensino-aprendizagem de alunos do 1.º CEB - 1.º/2.º anos. Para além de se discutirem as potencialidades educativas de diferentes tipos de situações de aprendizagem, os estudantes serão convidados a experimentá-las em simulações na sala de aula. É promovida a elaboração e discussão de planificações bem como a sua concretização em sala de aula. Os estudantes deverão analisar criticamente e apresentar as atividades concebidas em sala de aula. A avaliação por frequência integra: Participação nas atividades letivas (20%); Teste escrito (50%); Planificação e respetiva fundamentação de uma unidade didática/tópico para o 1.º CEB - 1.º/2.º anos, a partir da área das expressões e a sua necessária articulação com as outras áreas (30%).


Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Nesta UC são realizadas diferentes experiências educativas centradas no desenvolvimento do estudante como futuro profissional. A discussão, análise e reflexão sobre temáticas relativas às áreas disciplinares e sobre situações de ensino-aprendizagem no 1.º CEB proporcionam experiências de formação visando a mobilização de conhecimentos (O1) pelos estudantes. O trabalho tem por base as orientações curriculares atuais fomentando uma gestão curricular ajustada aos alunos (O1). Aprofunda-se o conhecimento didático em matemática para promoverem aprendizagens significativas aos alunos (O1) nos temas e capacidades matemáticos. A mobilização de conhecimentos científicos, didáticos e curriculares sobre diferentes temáticas do Estudo do Meio é fundamental na preparação de situações de aprendizagem ajustadas aos seus alunos e ao contexto em que estão inseridos (O1). O conhecimento e domínio da língua materna é essencial para um desenvolvimento adequado nas restantes áreas do conhecimento, sendo transversal à construção de diferentes competências (O1). A análise e reflexão sobre práticas (O5) entre estudantes e docente funcionam como ponto de partida para o trabalho desenvolvimento do conhecimento didático específico para o ensino nos primeiros anos de escolaridade. Fomenta-se a análise e reflexão em torno de abordagens diversificadas e materiais didáticos que podem utilizar em contextos de aprendizagem (O1). Esse processo mobiliza também horas de trabalho autónomo dos estudantes. Os estudantes têm a oportunidade de formular ideias, tomar consciência de perspetivas alternativas, envolver-se em reflexão colaborativa sobre problemas reais com que se deparam (ou poderão vir a deparar). Esta abordagem visa aprofundar o seu conhecimento sobre o modo como os alunos aprendem (O2) e sobre os aspetos a trabalhar com eles (O3). Para que os futuros professores consigam implementar com o maior sucesso possível determinado tipo de abordagem, estratégia ou atividade nas suas aulas, é importante que primeiro tenham oportunidade de experimentar e de compreender por si próprios os processos envolvidos na aprendizagem através destas abordagens, estratégias ou atividades, pelo que serão convidados a experimentá-las em simulações na sala de aula (podendo concretizá-las no seu estágio), tendo como suporte uma planificação previamente elaborada (1.º e 2.º anos (O4). A elaboração e a discussão de planificações, a preparação da utilização de materiais manipuláveis e tecnológicos em sala de aula, proporciona a mobilização de conhecimentos (O1) e a reflexão sobre a prática letiva (O2, O3), ocorrem em aula e no âmbito do trabalho autónomo. É contemplada a utilização das TIC pela realização de pesquisas em bases de dados disponibilizadas na Internet, construção e apresentação de documentos multimédia; e o recurso à plataforma Moodle. Os vários docentes disponibilizam mais referências bibliográficas ao longo do semestre.

Bibliografia de consulta (existência obrigatória)

Cardona, M. J. (coord.) et all (2021). Planear e avaliar na educação pré-escolar. ME/DGE Clements, D., & Sarama, J. (2009). Learning and Teaching Early Math. Routledge GTI (Ed.) (2017). A prática dos professores: Planificação e discussão coletiva na sala de aula. APM Harlen, W. (1985). Teaching and learning primary science. Teachers College Press Lagoutte, D. (2015). Pratiquer les arts visuels à l'ecole. Hachette Education ME (2017). Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória. ME Monteiro, F. (1997). Interpretação e educação Musical. Fermate Pereira, M.L. (2000). Escrever em Português. Didácticas e práticas. Ed.Asa Ponte, J.P., & Serrazina, L. (2000). Didáctica da Matemática do 1.ºC. UAb Rebelo, D., Marques, M.J., & Costa, M.L. (2000). Fundamentos da didáctica da língua materna. UAb Sá, J.G. (2004). Crianças Aprendem a Pensar Ciências - Uma abordagem interdisciplinar. Porto Ed Viadel, R.M.(Coord.) (2003). Didáctica de la Education Artística. Pearson Education