• EN
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • Linkedin
Você está em: Início > Ensino > Unidades Curriculares > MESMO104
Autenticação
ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Promoção da Saúde

Código: MESMO104    Sigla: PS
Área Científica: Enfermagem

Ocorrência: 2023/24 - 1S

Área de Ensino: 2º Ciclo

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular Créditos Horas Contacto Horas Totais
MESMO 19 Despacho n.º 5588/2023 4 39 112

Horas Efetivamente Lecionadas

10CMESMO

Ensino Teórico: 7,50
Teórico-Práticas: 16,33
Seminários: 4,17
Orientação Tutorial: 2,50

Docência - Horas Semanais

Ensino Teórico: 0,67
Teórico-Práticas: 1,27
Seminários: 0,33
Orientação Tutorial: 0,33

Tipo Docente Turmas Horas
Ensino Teórico Totais 1 0,67
Maria da Conceição Fernandes Santiago   0,67
Teórico-Práticas Totais 1 1,27
Maria da Conceição Fernandes Santiago   1,27
Seminários Totais 1 0,33
Maria da Conceição Fernandes Santiago   0,33
Orientação Tutorial Totais 1 0,33
Maria da Conceição Fernandes Santiago   0,33

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria da Conceição Fernandes Santiago Responsável
Maria da Conceição Fernandes Santiago Coordenação Científica

Objetivos de Aprendizagem (conhecimento, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Capacidade de compreensão e análise de conhecimentos interdisciplinares relacionados com a promoção da saúde da mulher/casal/família/grupos e comunidade, considerando o contexto sociocultural, os direitos sexuais e reprodutivos, grupos vulneráveis e suas necessidades em saúde.

Capacidade de integração de conhecimentos interdisciplinares para a resolução de problemas no âmbito da prevenção e promoção de saúde e da qualidade de vida à mulher/casal/família/grupos e comunidade nos contextos específicos da ESMO.
.
Capacidade de crítica individual e em grupo numa perspetiva interdisciplinar sobre as implicações e responsabilidades éticas e sociais no processo de cuidados à mulher/casal/família/ grupos e comunidade com o foco na promoção da saúde.

Capacidade para a síntese e translação de conhecimento científico a partir da análise da melhor evidência científica para o desenvolvimento de ações e estratégias de promoção da saúde à mulher/casal/família/grupos e comunidade no âmbito da ESMO.

Conteúdos programáticos

Cuidar a mulher/casal/família/grupos e comunidade nos contextos específicos em enfermagem de saúde materna e obstétrica
Conceitos fundamentais
Enquadramento de políticas internacionais e nacionais
Acesso universal à saúde sexual e reprodutiva
Epidemiologia em saúde sexual e reprodutiva
A mulher inserida na família, grupo e comunidade como promotora da saúde e do desenvolvimento humano
Modelos, teorias e estratégias de educação para a saúde sexual e reprodutiva e para a cidadania
Modelos do comportamento e sócio ecológicos
Empowerment e capacitação na promoção da saúde
Proteção e promoção da saúde da mulher/casal/família, comunidades e em grupos vulneráveis
Redes e recursos da comunidade nos contextos específicos da ESMO
Reconhecimento das redes e recursos da comunidade nas áreas específicas de intervenção em enfermagem de saúde materna e obstétrica
Enquadramento das políticas e estratégias de conciliação do trabalho e da família

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Os conteúdos desta área do conhecimento em enfermagem de saúde materna e obstétrica sustentam e reforçam um conjunto de conhecimentos e aprendizagens prévios, pelo que se fomenta uma abordagem numa perspetiva interdisciplinar.

A organização dos conteúdos assenta numa visão alargada e complexa nesta área específica, bem como numa abordagem de teorias e estratégias de educação para a saúde sexual e reprodutiva e de cidadania. Visam o desenvolvimento de capacidade de intervenção na promoção de estilos de vida saudáveis na mulher/casal/família/grupos vulneráveis e comunidade, que conduzam ao bem-estar e melhoria da qualidade de vida, discutido com base nos princípios da conceção holística do ser humano, na ação conjunta interprofissional e interdisciplinar, no empoderamento e participação da pessoa/grupo e comunidade, na equidade e sustentabilidade. Desenvolve-se a capacidade de reflexão, análise e discussão de situações e tomada de decisão na perspetiva da prática baseada na evidência.


Metodologia de Ensino (Avaliação incluída)

Privilegia-se um modelo ativo, centrado no mestrando, tornando-o sujeito ativo da sua aprendizagem, com recurso a diferentes métodos e estratégias de ensino e aprendizagem. Sessões com recurso a exposição teórica e teórico-práticas para realização de exercícios práticos em grupo, suscitando no mestrando a reflexão crítica e partilha das suas práticas no âmbito da promoção da saúde. A pesquisa, leitura e análise orientada de textos de referência, numa perspetiva da prática baseada na evidência, com discussão em turma, permite uma análise aprofundada dos temas, através do questionamento e partilha das diversas perspetivas colocadas.
A componente autónoma da UC concretizasse pela leitura, reflexão crítica e sistematização de ideias fundamentais sobre as temáticas abordadas e outras complementares ao desenvolvimento das competências e que potenciem a tomada de decisão.

Avaliação: 1 (um) trabalho de grupo (100%), na versão escrita ponderada em 60% e apresentação em seminário em 40%.


Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

A unidade curricular conjuga metodologias interativas, pesquisa e análise de documentos baseados na evidência científica e a própria experiência individual dos mestrandos para o aprofundamento de conhecimentos, competências e habilidades para a prestação de cuidados de enfermagem de saúde materna e obstétrica, considerando o contexto sociocultural, os direitos sexuais e reprodutivos e as necessidades em saúde, com o foco na promoção da saúde e da qualidade de vida da mulher/casal/família/ grupos vulneráveis e comunidade.

Promove-se a análise reflexiva, individual e em pequenos grupos, e a partilha e discussão, no grupo alargado e com o docente, favorecedoras da compreensão da especificidade da intervenção do enfermeiro em saúde materna e obstétrica e da fundamentação do processo de tomada de decisão e de resolução de problemas no âmbito da prevenção e promoção de saúde.

O recurso a trabalhos de grupo, visa estimular a pesquisa sobre a temática, a responsabilização individual e a motivação para a aprendizagem, tornando numa tarefa agradável, produtiva e eficaz para o conhecimento sobre a promoção da saúde nesta área especifica da enfermagem.

Bibliografia de consulta (existência obrigatória)

Diogo,T. G. F. (2019). Evidência do impacto da formação de enfermeiros de saúde materna no autocuidado e indicadores de saúde materna - Rapid review. [Tese de mestrado, Universidade Nova de Lisboa]. Repositório Aberto da Universidade Nova de Lisboa.
https://run.unl.pt/bitstream/10362/116367/1/TELMA%20DIOGO.pdf

Godinho, A., Florentino, D. M., Violante, F.F., Dias, H., & Coutinho, E. (2020). O enfermeiro promotor da saúde sexual e reprodutiva na adolescência: o caso do planeamento familiar. Revista da UIIPS, 8(1), 358-370.

Loureiro, I., & Miranda, N. (2018). Promover a saúde: dos fundamentos à ação. (3ª rev. act. ed.) Almedina.

Murdaugh, C. L., Parsons, M. A., & Pender, N. J. (2018). Health promotion in nursing practice (8th ed.). Pearson.

Reis, A., Spínola, A., Chaves, C., Santiago, C., Coutinho, E., Karimo, N., & Dénis, T. (2020). Mediação intercultural em contextos de cuidados de saúde ¿ Projeto MEiOS. Revista da UIIPS, 8(1), 3-16.

· ,