• EN
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • Linkedin
Você está em: Início > Ensino > Unidades Curriculares > MESMP03
Autenticação
ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Metodologias de Investigação e Estatística

Código: MESMP03    Sigla: MIE
Área Científica: Enfermagem

Ocorrência: 2023/24 - 1S

Área de Ensino: 2º Ciclo

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular Créditos Horas Contacto Horas Totais
MESMP 12 Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica 3 30 75

Horas Efetivamente Lecionadas

1ºMESMP

Ensino Teórico: 5,83
Teórico-Práticas: 0,00

Docência - Horas Semanais

Ensino Teórico: 1,00
Teórico-Práticas: 1,00

Tipo Docente Turmas Horas
Ensino Teórico Totais 1 1,00
Maria Madalena de Jesus e Cunha Nunes   0,47
Marta Maria Gonçalves Rosa   0,53
Teórico-Práticas Totais 1 1,00
Maria Madalena de Jesus e Cunha Nunes   0,53
Marta Maria Gonçalves Rosa   0,47

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Marta Maria Gonçalves Rosa Responsável
Maria Teresa Vieira Coelho Coordenação Científica
Maria Clara Martins Cunha André - ESSAUDE Coordenação Científica

Objetivos de Aprendizagem (conhecimento, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

No geral pretendemos que os estudantes adquiram conhecimentos dos princípios gerais da investigação e estatística assim como
conhecimento e competências na utilização de programas de análise estatística.
Relacionar níveis de evidência e graus de recomendação com a segurança e qualidade dos cuidados de enfermagem;
Diferenciar as opções teórico-metodológicas e as etapas que caracterizam a investigação primária (quantitativa e qualitativa) e a
investigação secundária;
Compreender as estratégias metodológicas e técnicas de suporte à elaboração de protocolo e de um projeto de investigação;
Interpretar modelos probabilísticos de suporte à inferência estatística, à interpretação de intervalos de confiança e à formulação e testes de hipóteses;
Utilizar software de apoio à estatística.

Conteúdos programáticos

Processo de investigação e suas caraterísticas
Estratégias metodológicas de investigação: paradigma quantitativo/qualitativo
Investigações primárias:
  O projeto de investigação: seu desenho e componentes
  Etapas dos protocolos e estratégias de pesquisa
  Elementos do Relatório de investigação
Investigações secundárias (Scoping review e RSL)
Prática baseada em evidências: conceitos e etapas
Metodologia de análise de dados
Estatística descritiva/ inferencial ¿ programas estatísticos
Pressupostos dos testes paramétricos e não paramétricos
Apresentação e análise de dados qualitativos e quantitativos
Comunicação de resultados de investigação

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Esta unidade pressupõe o recurso a métodos ativos em que os conteúdos programáticos demostram coerência com os objetivos, dado
que:
Encontram-se organizados com uma sequência coerente e articulada, numa logica sistémica;
A apresentação de exemplos de estudos tipo e recurso a diferentes metodologias, possibilita uma explicitação mais adequada e a
articulação de conhecimentos com as restantes UC do curso;
O programa associa conceitos e conteúdos conducentes à conceção e implementação das metodologias de investigação e das dinâmicas conducentes à conceção de projetos de investigação;
A exposição da melhor evidência/grau de recomendação aliada à discussão de cenários, permitem demonstrar as melhores práticas em saúde;
A explanação das questões e desafios atuais em enfermagem possibilita uma compreensão das linhas de investigação na área de
enfermagem e da saúde em geral, bem como identificar as áreas que carecem de investigação adicional.

Metodologia de Ensino (Avaliação incluída)

Aulas teóricas, com método expositivo e reflexivo com exposição dos conceitos, análise de artigos na área.  Aulas teórico-práticas será realizada aplicação prática dos conceitos, através da resolução de diferentes exercícios com recurso ao programa estatístico permitindo o desenvolvimento de competências e pensamento crítico e reflexivo. Nas horas de trabalho autónomo, os estudantes realizarão trabalho individual ou de grupo, designadamente a criação e análise de uma base de dados simples ou através da elaboração de um projeto de investigação. A avaliação será apresentada no início da unidade curricular tendo por base uma das seguintes propostas: teste individual escrito(100%) ou desenvolvimento de trabalho de grupo(50%) e teste escrito(50%). A classificação final resulta da nota do teste escrito individual ou da média aritmética dos resultados parciais dos dois momentos de avaliação formal. A aprovação à unidade curricular com classificação superior ou igual a 10 valores. 


Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

A implementação das diferentes metodologias de ensino, visa garantir a coerência dos conteúdos programáticos em função dos objetivos e a sua relação com a aprendizagem dos estudantes, promovendo nos mesmos a capacidade de mobilizar e aplicar conhecimentos nos contextos das práticas em saúde. Para garantir esta coerência o docente; (i) dá a conhecer e discute os objetivos com os estudantes no início e ao longo da unidade curricular; (ii) explicita os objetivos a alcançar através do treino de competência de pesquisa com recurso às tecnologias de informação e treino da pesquisa em bases científicas; (iii) valida ainda se os mesmos são alcançados, porquanto cada estudante deve demonstrar o atingir dos objetivos definidos. As metodologias adotadas permitem o desenvolvimento do conhecimento teórico e realização de investigação na prática clínica, interpretação de resultados científicos para uma prática baseada na evidência e a mobilização dos conhecimentos e competências desenvolvidas, para contextos mais específicos e da prática de enfermagem de família.
Assim, ao longo da UC procura-se desenvolver, nos estudantes, competências cognitivas e motivacionais para a importância e
compreensão das temáticas da investigação e estatística na prática clínica, contribuindo para uma melhor perceção e compreensão dos objetivos que se pretendem alcançar. As metodologias adotadas, centradas no estudante, serão facilitadoras do desenvolvimento de competências e conducentes aos objetivos apresentados e privilegiam o envolvimento dos estudantes na resolução de situações problema e discussão em grupo, permitindo o trabalho em equipa e o desenvolvimento de competências úteis para valorização pessoal e profissional.

Bibliografia de consulta (existência obrigatória)

Cunha, M. & Santos, E. (2021). Revisão Sistemática da Literatura com Meta-análise: um guia prático para iniciantes. Edições Esgotadas, Lda.
Gonçalves, S., Gonçalves, J., & Marques, C. (2021). Manual de investigação qualitativa: Conceção, análise e aplicações. Pactor
Marôco, J. (2021). Análise estatística com utilização do SPSS (8ª ed). Report Number Lda
Lima, T., Amaral, O., de Almeida, P., Carvalho, P., Marques, T., Pinto, A., & Coimbra, T. (2022). Do internamento para a comunidade - o cuidador informal na transição. Revista De Investigação & Inovação Em Saúde, 5(1), 47-58. 

Rosa, M., Marques, A., Santos, E., & Amendoeira, J. (2023). Qualidade de vida das pessoas idosas que residem em contexto comunitário, com apoio de serviço domiciliário: um protocolo de revisão scoping. In Prática Baseada em Evidência: Experiência dos cursos conducentes a microcredenciais do IPSantarém-ESSS (pp. 134-140). Santarém: Instituto Politécnico de Santarém.