• EN
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • Linkedin
Você está em: Início > Ensino > Unidades Curriculares > AFEVS2016
Autenticação
ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Análise e Interpretação de Dados em Atividade Física

Código: AFEVS2016    Sigla: AIDAF
Área Científica: Ciências do Desporto

Ocorrência: 2023/24 - 2S

Área de Ensino: AFEVS - Ciências do Desporto

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular Créditos Horas Contacto Horas Totais
AFEVS 39 Despacho N.º 10205/2019, de 11 novembro de 2019 2 30 56

Horas Efetivamente Lecionadas

Docência - Horas Semanais

Teórico-Práticas: 1,00
Ensino Prático e Laboratorial: 1,00

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 1,00
Paulo Filipe da Rosa - ESD   1,00
Ensino Prático e Laboratorial Totais 1 1,00
Rafael Franco Soares Oliveira - ESD   1,00

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Rafael Franco Soares Oliveira - ESD Responsável

Objetivos de Aprendizagem (conhecimento, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Pretende-se que o estudante no final da unidade curricular seja capaz de: 1. Contruir uma base de dados em SPSS Statistics; 2. Analisar e interpretar dados do ponto de vista descritivo; 3. Analisar e interpretar dados inferenciais; 4. Compreender as diferenças entre testes paramétricos e não paramétricos; 5. Compreender quando deve utilizar testes paramétrios e não paramétricos; 6. Identificar os tipos de testes a utilizar e analisar os resultados obtidos.

Conteúdos programáticos

1) Variáveis, Populações e Amostra;
2) Amostras independentes vs amostra emparelhadas;
3) Estatística Descritiva (Medidas de tendência central; Medidas de dispersão; Medidas de assimetria e achatamento; Medidas de associação);
4) Representação gráfica de resultados
5) Construção de uma base de dados
6) Teoria da correlação
7) Regressão linear
8) Testes paramétricos para comparar populações a partir de amostras independentes
8.1) Teste K-S;
8.2) Test S-W;
8.3) Teste de Levene;
8.4) Teste t para uma amostra;
8.5) Teste t para duas amostras;
8.6) One-way ANOVA;
8.6.1) Comparação múltipla de médias: Tukey e Bonferroni
9) Testes não paramétricos para comparar populações a partir de amostras independentes
9.1) Teste de Mann-whitney;
9.2) Teste de Wilcoxon;
9.3) Teste Kruskal-Wallis
10) Testes para amostras emparelhadas
10.1) Teste de t-student;
10.2) Anova de Medidas repetidas;
10.3) Teste Wilcoxon para amostras emparelhadas.

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Os conteúdos programáticos são a operacionalização dos objetivos definidos para a unidade curricular, seguindo uma lógica dedutiva desde o ponto 1 até ao ponto 10.3.

Metodologia de Ensino (Avaliação incluída)

Aulas teórico-práticas são expositivas e interativas; aulas práticas laboratoriais são de aplicação prática. Para a avaliação contínua e exame, na época normal, deve cumprir 2/3 de presenças, salvo alunos em situação especial. Avaliação contínua: 2 provas escritas (30% cada), prova oral (40%) e iniciar-se-á com a realização do 1º momento (nota mínima de 9 valores); Classificação final: média ponderada dos 3 elementos.
Dispensa de exame final, caso o aluno obtenha uma classificação final igual ou superior a 10 na avaliação contínua. Caso a classificação final seja inferior a 10 valores, o aluno reprovará. Os alunos que não optarem pela avaliação contínua ou não cumpram as condições descritas, serão avaliados nas épocas de recurso ou especial. O exame final contemplará uma prova escrita (50%), oral (50%) e todos são presenciais, onde deverá ter uma classificação igual ou superior a 10. A classificação final será a média ponderada destes 2 elementos.


Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

A metodologia de ensino expositiva e interativa utilizada nas aulas teórico-práticas irá permitir aos alunos aprenderem a informação de base necessária para o desenvolvimento das aulas de prática laboratoriais, onde se privilegia as metodologias interativas, envolvendo os alunos no processo de ensino aprendizagem. Dessa forma, todos os objetivos de aprendizagem definidos serão alvo de uma apresentação introdutória a que se seguirá a sua exploração mais aprofundada no âmbito das aulas teórico-práticas com recurso ao desenvolvimento de aplicação prática de exercício tendo por base o SPSS.

Bibliografia de consulta (existência obrigatória)

Field, A. (2016). Discovering statistics using IBM SPSS statistics. Sage Publication.
Laureano, R.,& Botelho, M. (2017). SPSS statistics: O meu manual de consulta rápida (3ª edição). Edições sílabo.
Mâroco, J. (2007). Análise Estatística com o SPSS Statistics v.25 (7ª edição). ReportNumber.