• EN
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • Linkedin
Você está em: Início > Ensino > Unidades Curriculares > LBBA1252
Autenticação
ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Biotecnologia Animal

Código: LBBA1252    Sigla: BTAN
Área Científica: Biologia e Bioquímica

Ocorrência: 2023/24 - 2S

Área de Ensino: Ciências Biológicas (CB)

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular Créditos Horas Contacto Horas Totais
LBBA 16 Despacho n.º 7512/2022 de 15/06 5 60 140

Horas Efetivamente Lecionadas

LBBA_2

Teórico-Práticas: 12,00

Docência - Horas Semanais

Teórico-Práticas: 4,00

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 4,00
António Pedro Andrade Vicente - ESA   1,07
Gabriela Hemylin Ferreira Moura - ESA   1,60
Ricardo Antonio da Silva Faria - ESA   1,33

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
António Pedro Andrade Vicente - ESA Responsável

Objetivos de Aprendizagem (conhecimento, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Conhecer as biotecnologias utilizáveis em produção animal, no seu todo, passíveis de contribuir para aumento de eficiência, rendimento dos fatores de produção, aumento da digestibilidade dos alimentos, aceleração do crescimento animal e da produção láctea, entre outros. Conhecer as biotecnologias disponíveis na área da reprodução animal e as suas aplicações diretas e indiretas ao melhoramento genético animal, na conservação e utilização sustentável dos recursos genéticos animais. Conhecer as biotecnologias disponíveis na saúde animal e humana (na produção de fármacos, vacinas aos bioreactores). O objetivo da Biotecnologia Animal é produzir produtos com uma maior eficiência e rentabilidade, fornecendo novas ferramentas que visam a melhoria da saúde e bem-estar animal, com um aumento da sua produtividade.

Conteúdos programáticos


1. Métodos moleculares na análise da diversidade biológica (marcadores genéticos): - Os grupos sanguíneos e as aloenzimas - Reação em cadeia da polimerase (PCR) - RFLPs - AFLPs - Microssatelites - SNPs 

2. Ferramentas de biotecnologia em Produção Animal 
   2.1. Reprodutivas - Inseminação Artificial - Ovulação Múltipla e Transferência de embriões - Fertilização in vitro; ICSIS 
   2.2. Conservação e Melhoramento Genético - Seleção assistida por marcadores - Rastreabilidade genética de produtos - Caracterização genética de populações animais - Seleção Genómica 
   2.3. Biotecnologia em Nutrição Animal - Proteómica e Metagenómica em nutrição animal - Expressão de genes em associação com nutrição animal 
   2.4. Outras biotecnologias com aplicação em zootecnia e saúde - Transgénicos - Clonagem - Genética Forense - Bioreatores e xenotransplantes - Epigenética

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Os objetivos da UC Biotecnologia Animal implicam a aquisição de conhecimentos e o desenvolvimento de competências sobre os fundamentos da aplicação da engenharia genética sobre as principais espécies pecuárias de interesse zootécnico. Tendo em conta os referidos objetivos, os conteúdos programáticos irão permitir que os alunos adquiram conhecimentos teóricos e práticos sobre biotecnologias em nutrição, reprodução, sanidade e melhoramento genético animal, com o intuito de melhoria do bem-estar e saúde animal e eficácia produtiva dos sistemas produtivos.

Metodologia de Ensino (Avaliação incluída)

Ensino-aprendizagem: Aulas teórico-práticas, com exposição, casos de estudo e resolução de problemas. Seminários para apresentação e discussão dos trabalhos de grupo. 


Ensino Teórico-Prático; Método expositivo e demonstrativo. 

Avaliação: uma prova escrita de frequência (70%) e realização e apresentação de um trabalho de pesquisa (30%). 

Fórmula de classificação e dispensa de exame final: (0,7 x prova escrita de frequência) + (0,3 x apresentação e discussão do trabalho escrito)>= 10 valores;

 Nota mínima da prova escrita de frequência >=8 valores. 
 Estão admitidos a exame todos os estudantes inscritos na unidade curricular.

 Exame final - uma prova escrita ou, em alternativa, uma prova escrita (70%) + nota do trabalho de pesquisa (30%)


Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

a) Conhecimentos e capacidade de compreensão: ver conteúdos programáticos. b) Capacidade de aplicação profissional dos conhecimentos e da capacidade de compreensão das principais técnicas de genética molecular aplicadas à produção animal nas diferentes vertentes de nutrição e alimentação, melhoramento genético, saúde e bem-estar e eficiência reprodutiva. c) Capacidade de resolução de problemas e de argumentação: ver b); justificação das soluções propostas. d) Capacidade de recolha, seleção e interpretação de informação relevante: pesquisa para a elaboração de monografia sobre tema dos conteúdos programáticos. e) Capacidade de comunicação: comunicação escrita inerente à elaboração dos trabalhos referidos em b), c) e d); apresentação oral sobre o tema da monografia, em seminário; debates nos seminários. f) Capacidade de aprendizagem com autonomia: planeamento e monitorização da elaboração da monografia.

Bibliografia de consulta (existência obrigatória)


o Beja-Pereira, A. e Almeida, N. F. 2005. Genética, biotecnologia e agricultura. SPI. Porto. 
o Gama, L. T. 2022. Melhoramento genético animal. Escolar Editora. 2ª edição 
o Khatib, H. 2015. Molecular and quantitative animal genetics. Hoboken: John Wiley 
o Mondal, S. & Singh R. 2020. Advances in Animal Genomics. 1st Edition. Academic Press. 328 pp. 
o Niemann, H. & Wrenzycki C. 2018. Animal Biotechnology 1: Reproductive Biotechnologies 1st ed. Springer. 
o Niemann, H. & Wrenzycki C. 2018. Animal Biotechnology 2: Emerging Breeding Technologies 1st ed. Springer. 
o Oldenbroek, J.K. 2017. Genomic Management of Animal Genetic Diversity. Wageningen Academic Pub. 232pp.